Atividades Socioculturais

Actividades Quotidianas
Estimular a autonomia na realização de atividades de convívio com base na harmonia, bem-estar e boa disposição.
É importante haver rotina e fazer com que seja mantida de forma organizada. Permitindo assim uma associação coordenada e memorizada das atividades triviais como, Jogos de Mesa; Ouvir Rádio; Ver TV; Leitura.

Actividades semanais

Aulas de Movimento. Potenciar e maximizar a coordenação motora e a destreza física e estimular o convívio e a boa-disposição.
Através de exercícios adaptados e adequados à necessidade de cada idoso e de cada grupo. Uma atividade essencial para idosos institucionalizados, a fim de ajudar o idoso a readquirir competências do esquema corporal e a prevenir o seu declínio. Realizada com interesse e empenho, os idosos compreendem a sua importância para o dia-a-dia, ajudando-os em atividades pessoais e rotineiras. Por outro lado, através desta atividade consegue-se uma maior interação grupal.

Expressão Plástica: Melhorar a motricidade manual e a coordenação psicomotora, promover a criatividade e aumentar a auto-estima, desenvolver o gosto estético e proporcionar ao idoso a possibilidade de se exprimir através das artes plásticas.
Nestas atividades os idosos têm a oportunidade de dar largas à imaginação e à criatividade através da pintura, colagem, escultura, desenhos, recortes, entre outras.
Os trabalhos realizados posteriormente serão expostos e disponíveis para venda na instituição e em locais públicos.

Expressão Musical: Estimular a memória, promover a participação em grupo, apelar à cultura e raízes portuguesas.
De uma forma informal inicia-se com músicas tradicionais de conhecimento comum permitindo com que o grupo descontraía e estimule a memória de modo a promover a partilhar/ensinamento dos seus conhecimentos culturais musicais.

Expressão Dramática: Despertar o gosto pela cultura, transmitir importantes temas de curiosidades do dia-a-dia ou da sociedade e de humor, aumentar a auto-estima e estimular a memória proporcionando uma mente mais activa e autónoma.
Através de pequenos teatros realizados em conjunto com os utentes, com associação de papéis diversificados. O teatro terá diferentes vertentes sociais e de variantes, assim como fantoches, musical e mascaras.

Dinâmicas/Jogos de Grupo e Individual de Estimulo Cognitivo
Fomentar as relações interpessoais do grupo com base na harmonia, bem-estar e promover a estimulação cognitiva.
Os jogos serão executados na sala e com o máximo de conforto e sentados, adaptando assim as capacidades do grupo a actividade implícita.

Actividades mensais

Culinária: Desenvolver e readquirir os cincos sentidos básicos do ser humano (tato, olfato, paladar, visão e audição), exercitar a memória, ao tentarem reconhecer os objetos e alimentos utilizados na cozinha, assim como a sua utilização e dar a conhecer especialidades saborosas e saudáveis aos utentes sendo eles os protagonistas e dinamizadores pela elaboração da mesma.
Realização de lanches, bolos, biscoitos com base em culinária simples e prática. Por exemplo: canapés- cortar os alimentos, junta-los, ornamentar a apresentação e comer.

Comemoração de Aniversários: Valorizar e demonstrar carinho aos utentes de forma individual.
Fazendo com que se sintam lembrados e queridos, para reforçar este laço o aniversariante receberá um postal personalizado com dizeres em nome de todos os que fazem parte da instituição.

Missa: Melhorar o bem-estar emocional e espiritual contribuindo para a sua preservação religiosa.

Passeios de dia inteiro: Observar e contemplar momentos de lazer, de cultura, de lembrança, de novas experiencia.
Escolhe-se um lugar em consenso grupal, analisa-se um dia e explora-se as diferentes atividades culturais a realizar naquele lugar tendo em atenção as capacidades dos utentes.
Todos os locais são validos desde que haja acessibilidade.

Visionamento de Filmes: Dar a conhecer novos filmes, relembrar os antigos e realçar novas temáticas cinematográficas e promover a reflexão.
Através de um ambiente similar ao do cinema em projeção de um filme acompanhado de pipocas, tendo como objetivo fomentar a criatividade, imaginação, memória, concentração e pensamento critico.

Jornal de Parede: Desenvolver a parte cognitiva, através de memórias e vivencias;
Partilhar saberes como receitas que antigamente faziam, promover a participação activa na elaboração, relatar acontecimentos mensais, mostrar a quem não conhece o CAJIL, de uma forma sucinta o que se realiza e quem somos.
Em conversas informais com os utentes, coloca-se questões como por exemplo (quais os pratos que mais gostava de cozinhar, qual o percurso de vida, os países que visitou entre outras temáticas).

Reuniões mensais: Debater e informar os utentes das atividades a realizar.
Junta-se todo o grupo em círculo e o técnico inicia a transmissão de futuras atividades a decorrer naquele mês e as informações gerais. Mais tarde pede-se sugestões de locais para visitar assim como quem irá às mesmas. Relembra as regras e as relações interpessoais. Momento onde os utentes podem manifestar as suas opiniões: insatisfações, aspetos a melhorar e aspetos positivos.

Actividades pontuais

Colónia de Férias: Com a intenção de promover a autonomia, novos ambientes, relacionamento social, aumentar a autoestima, e o bem-estar físico e psicológico.
Independentemente do local da atividade, explora-se os meios envolventes como museus, jardins, feiras e teatros.

Praia Campo: Esta actividade pretende proporcionar sensações de serenidade, relaxamento e satisfação.
De manhã vamos até à praia, uns desfrutam do paredão, outros da esplanada e outros relaxam na areia e vão até à água. Importante realçar que escolhemos praias de fácil acesso que permitem com um equipamento específico, levar pessoas com mobilidade reduzida para dentro de água. Durante a tarde contempla-se passeios por espaços verdes e miradouros.

Celebração/Almoço, Páscoa e Natal: Proporcionar um momento onde se destaca a união entre direção, equipa técnica e utentes, pretende-se contribuir para a prevenção do isolamento social, solidão, fazendo com que se sintam integrados, especiais e num ambiente familiar.
São datas em que muitos dos utentes sentem-se sós e trazem à memória recordações que os deixam tristes e desmotivados. Sendo assim junta-se todos os utentes e funcionários em ambiente de festa, realiza-se atividades, troca-se presentes, ouve-se músicas e partilha-se o que de melhor há que é amor.

Aniversário do CAJIL: Unir a direcção da instituição com a equipa técnica e utentes, para transmitir o quão importante são os utentes na sociedade e que merecem ser reconhecidos e valorizados e que o CAJIL existe para eles.
Aproveitando esta data de comemoração, pretende-se uma vez mais juntar todos em volta do bolo e proporcionar um dia agradável e diferente com surpresas.

Ações de Sensibilização/Formação/Informação ou Encontros Temáticos: Para desenvolver imagens mais positivas relativamente a este período de vida, desmistificar determinadas ideias, crenças e medos relativamente ao envelhecimento, melhorar a qualidade de vida dos idosos.

Parcerias Interinstitucionais: Promover encontros interinstitucionais e intergerações.
O CAJIL intervém paralelamente com as diferentes instituições na realização de variadas atividades conjuntas.